28/06/2010

Quebradaaaaaaa

Olá queridas amigas. Depois de um final de semana de quebradeira total, cá estou. Ainda não me sinto 100%. Estou com o corpo todo dolorido, minha vontade era de ter ficado na cama mais um pouco (mas o dever me chama, fazer o que?). Estou me sentindo meio lesada ainda.

Então, esse findi viajei para a região serrana aqui do Estado. É bem pertinho de Vitória (umas duas horas), mas como é uma região montanhosa, o frio lá é de bater os queixos. Parece que estávamos na Europa de tão frio.

Mas nada melhor que rever os amigos. Conseguimos reunir todos que estavam por aqui, apesar de sempre nos esbarrarmos. É que muitos estão fora fazendo mestrado, intercâmbio ou casados. E a patota que ainda está por aqui vira e me mexe se encontra nas coletivas da vida, em eventos, etc.

Fomos para a festa da cidade de Santa Teresa, que foi colonizada por italianos. A cidade estava toda enfeitada com bandeiras e cores da Itália. A arquitetura da cidade também é bem tradicional. E a maioria das pessoas que vivem lá tem descendência italiana e tem orgulho disso. A festa cresceu tanto que hoje, num único dia, concentra mais de 15 mil pessoas. Esse número é quase o número de habitantes do município, que é de 20 mil pessoas.

Na rua é distribuído vinho, lingüiça, polenta, biscoitinhos, tudo de graça. É uma luta pra pegar, mas é muito divertido. Só sei que não agüentava mais ver polenta, agnoline, capelete e macarrão. Meu estômago ficou péssimo. Fiquei com uma vontade de comer arroz, feijão, carne. Mas só consegui comer direito ontem, depois que saí da cidade.

Beber eu bebi horrores, muito vinho, mais um pouco de cerveja. Fome eu não sentia muito, mas comia por tabela mesmo, senão poderia cair de bêbada por está com o estômago vazio. Não sei como não fiquei bêbada, nem de ressaca, nem nada. Acho que por causa do frio. Só que meu corpo está todo dolorido, de tanto andar, dançar, pular, subir ladeira, dormir em colchão duro. Mas valeu muito a pena. Depois posto as fotos. É bom que vai servir de “antes”.

Ainda não me pesei. Não sei o tamanho do estrago, mas, não importa. O que importa é o hoje. Nem o jogo do Brasil vai me fazer sair do eixo. A vida é bela, o dia está lindo e uma nova silhueta linda e magra me aguarda! Somos o resultado de nossas ações. E a partir de agora minhas ações serão todas em prol de minha saúde e bem estar. Aguardem e confiram.

Ah, estarei sem internet em casa esses dias. Então o ritmo aqui no blog será um pouco mais lento. Mas estarei sempre em seus blogs, comentando na medida do possível. Acho que muito em breve estarei ligada full time.
Beijossss

3 comentários:

  1. Uau amiga que trago em?! kkkkk E essa dorzinha bem que valeu apena né, nada como se divertir em boa companhia!

    Sabe que eu adoro poelenta, linguiça... se estivesse lá com certeza hoje estaria uns 30kg mais gorda! kkkkkk

    Estou mto animada com a nova Pat, vamos juntas!

    bjinhooooooo

    ResponderExcluir
  2. Amigaaaaaaaaa

    que bom que voltou com esse otimismo todo!!!!

    tb vou dar uma saidinha do blog esses dias...

    vai fazendo força...

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Pat, eu tb acabei saindo do ritmo, já faz quase uma semana que voltei p casa e já engordei 1,5 kg, só depois que cheguei.. estou péssima.
    Mas recomeçar é o caminho. Então estou recomeçando!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho! =)